A rejeição é a da sociedade mesmo, é não conseguir um emprego por causa do cabelo, da pele, do estilo, do gênero... É simplesmente ser apagada daquele cargo por ser você mesma.
Rejeição aquela que te faz chegar em casa, lembrar que nada deu certo ainda e se abalar novamente.
A depressão só piora, faz aquele aglomerado na garganta, aquela sensação de impotência por não ter conseguido, se sente um fracasso.
Acredito que a meta seja mais emocional do que física, mas é sentida da mesma forma quando ela não é alcançada.
E quando você fica na expectativa? A ansiedade vai a mil, mais do que nas noites de angústia. Você não dorme, só torce para dar certo. Porem, não deu certo. Então você se abalada de novo, desaba, deixa a alma nua de tanto chorar.
Depois de chorar, a depressão bate a porta de novo. Fica ali, quietinha... Ninguém sabe dela, só você. Só você sabe como é.
Aquela sensação de solidão, está tudo tão bem ligado que você não desconecta. Simplesmente não se sente forte o suficiente para aquilo, nem ao menos se sente capaz para outra coisa.
Mas você é capaz, mesmo depois dos dias sem comer, das muitas horas de choro, do sono, da canseira, da rejeição... Você ainda é capaz. Incrível como é difícil aceitar, não?
E ali você vive, sempre na espera de achar a pessoa certa para te dar a oportunidade que tanto procura e almeja. Espera que a depressão se esconda por poucos minutos, que a ansiedade não seja mais forte que você.
Um dia quem sabe, depois de mais uma batalha, você chegue em casa e se depare com a vitória. Porem, você também tem medo da vitória, é algo desconhecido e terá medo mais uma vez do fracasso.
Não desista, mesmo em meio a tanta angústia.
A rejeição, a depressão e a ansiedade vivendo em mim.



 Isabela Luccas


15 Comentários

  1. esse texto meu lembrou muito meus momentos ruins. na verdade, por conta de algumas coisas que aconteceram comigo quando eu ainda era uma menina, acabei desenvolvendo ansiedade, desejo de ficar sozinha e os tais "altos de baixos".

    mas, sabe, eu tento ver o lado bondas coisas, tento não desabar... até que funciona :)

    adorei o texto. beijos.

    ResponderExcluir
  2. Olha, se o meu comentário ficar pequeno demais ou sem muito conteúdo, já me desculpo antecipadamente, mas esse texto me tocou tanto que estou até sem palavras. Me identifiquei desde o começo até o final e foi quando tive uma enorme vontade de chorar. Estou passando por momentos muito difíceis e ler isso só me deixou mais triste, embora seja muito bonito.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Me identifiquei bastante com o seu texto, quem nunca passou por fases assim? Uns conseguem se recuperar mais rapidamente, já outras pessoas não.
    Graças a Deus hoje superei meu momento de depressão, e tento ajudar as pessoas próximas a mim que por ventura estejam em dificuldade.
    Parabéns pelo post.

    Beijos
    Fran
    Achei e Rabisquei

    ResponderExcluir
  4. Me identifiquei demais com seu texto, me faz lembrar do que eu ando passando ultimamente. Mas, o que eu digo e repito pra mim mesma é que uma hora vai passar é que o melhor que fazemos é tentar ver sempre o lado positivo das coisas por mais sombrias que elas possam ser! Tenha força!

    ResponderExcluir
  5. nossa que profundo .. e assim mesmo estamos rodeados de pessoas preconceituosa
    pessoas que não se colocam no lugar da outra pessoa . Mas acredito que uma hora tudo isso vai passar.

    ResponderExcluir
  6. Me senti descrita em cada frase sua e é bom ler algo e se sentir compreendido por quem escreve. Foi bem profundo, você escreve de forma maravilhosa.

    Beijão,
    pinguimtagarela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Isabela, seu texto me lembrou a pessoa que eu era a alguns anos atrás... Quando você citou emprego lembrei na hora do meu irmão que a um ano e meio tenta achar um emprego e não consegue, vai a entrevistas e ficamos na ansiedade esperando uma ligação que nunca chega... A única coisa que posso dizer é: confie em Deus, só ele sabe os planos que tem pra você e eu tenho certeza de que são maravilhosos <3

    ResponderExcluir
  8. Me identifiquei muito com o texto, já me senti assim há alguns anos atrás e foi difícil mas superei essa fase com a ajuda de alguns amigos e muita fé em Deus.
    Uma observação você escreve muito bem!

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi,

    Já tive depressão por motivos de bullyng, ainda sofro um pouco pelo que já aconteceu, amei seu texto, faz com que eu saiba que tem casos bem piores que o que já tive.

    http://blogmichaelvasconcelos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Primeiro: Gostei muito desta imagem que vc colocou parabéns!
    Agora, esta parte de rejeição é realmente um coisa bem complicada, acredito que a aceitação comece dentro de nos e cada dia mais temos visto "estilos" que antes eram "excluidos" estarem em alta e serem ouvidos. Parabéns pelo post e beijão #Luma

    ResponderExcluir
  11. Nossa mds me identifiquei dms , e no momento estou passando por isso . Vou compartilhar pq é Td que precisava ouvir nesse momento ❤😫

    ResponderExcluir
  12. Oie, tudo bem? O texto é incrível e muito profundo. Acredito que muitas pessoas já passaram por algumas situações assim, parece que quanto mais amadurecemos, mais situações como esta aparecem em nossas vidas. Já sofri duas vezes em empregos anteriores por ser mulher, e quem conseguiu a promoção eram homens :/ Na época eu não tinha a visão que tenho hoje, senão teria exigido meus direitos ou feito algo a respeito. Mas ainda serve de exemplo, para que outras pessoas não deixem que isso se torne banal. Beijos, Érika *-*

    ResponderExcluir
  13. Muito bom o texto? Bastante inspirador! Realmente, às vezes diante de tantas rejeições e tristezas pensar que há uma saída boa faz toda a diferença.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  14. Me identifiquei demais, entrei em depressão depois de perder o emprego e não conseguir uma recolocação no mercado. Me senti rejeitada, literalmente, e o que agravou é que eu não entendia o pq, meu CV era bom, eu sempre consegui uma desenvoltura legal nas entrevistas, mas tinha que ouvir "seu CV é bom demais para a empresa". E ser rejeitada dessa forma acho que é pior. Entrei em depressão, comecei a sofrer de ansiedade das fortes e levei 3 anos para ficar bem. Ainda não estou 100%, mas já bem melhor que antes :)

    ResponderExcluir
  15. Ai, amiga, estou me sentindo assim também... Tenho medo de estar entrando em depressão, mas isso por causa de alguns problemas de saúde que descobri recentemente... Sei que tem tratamento, mas cada mudança no meu corpo me deixa louca e com muito medo, não consigo mais ser eu... Só queria desaparecer. Mas sei que não adianta pensar assim, por isso, levanto todos os dias, vou trabalhar e tento esquecer os problemas. Você também vai conseguir! Tem saúde, é inteligente, gosta do que faz, vai conseguir um emprego maravilhoso e trabalhar ajudando muitos animais e tudo isso com o cabelo bem colorido!

    ResponderExcluir