Desapareci por tantos anos e ainda demorei a te encontrar, desculpa. Desculpe pelas lágrimas também. Poucos acreditam que algumas pessoas possam sentir a energia das pessoas, estando elas vivas ou não. Em meio a todas as energias ali eu conseguia sentir você próxima, infelizmente demorei tanto para achar onde você estava. Sua energia continua tão harmoniosa que me fez sentir aquela necessidade de estar perto de ti novamente.
Me disseram que você não estava ali realmente, mas quem disse que estive lá pela presença do seu corpo? Estive por lá para me desculpar, sentir sua energia e lhe apresentar uma pessoa que significa muito para mim. Você iria gostar tanto dele se ainda estivesse por aqui. 
“Lembro de nós dois sorrindo na escada aqui, estava tudo tão bem e de repente acabou. Vozes no portão, passos no saguão. Poderia ser você, mas faz tempo que partiu. Deixou algo aqui e pouco a pouco encontro seus sinais. Menos de um segundo e eu já perco o ar, quase um minuto, quero te encontrar. É um sentimento que preciso controlar. Porque você se foi, não está aqui. Tudo que ficou mexe com meu interior, isso afeta meus sentidos. Foi o seu cheiro que sumiu, tudo acabou, interrompeu-se tudo que existiu. Partiu num dia qualquer sem ao menos dizer adeus, e o que ficou? Um coração que sofre como quem espera a próxima entrada da estação e o que separa o frio do calor. É a emoção de saber que vou poder te reencontrar um dia, eternamente te encontrar, eternamente encontrar você.” 

Obrigada por sempre acreditar em mim e espero que tenha gostado da rosa.




Isabela Luccas


Um Comentário