Te vejo todos os dias e nem sei teu nome. Queria poder conversar com você, te abraçar, ouvir a tua voz. Mas nem sei quem você é. Só sei que de tanto olhar-te você já deve me achar doida.
Seria tudo tão mais fácil se você não parecesse tão longe de mim. Minha curiosidade já foi muito além do que eu imaginava.
Quem é você afinal e por que mexe tanto comigo?





Isabela Luccas


Deixe um comentário